Cartago

You are here

Província de Cartago

Conhecida também como a Velha Metrópole, Cartago foi a capital da Costa Rica até 1823, quando se transladou esse título à cidade de San José. É uma província relativamente pequena, com apenas 3.124 Km² e quase 35.000 habitantes.

Esta é a região mais importante da Costa Rica em matéria de arte colonial. Talvez o melhor exemplo seja o templo de Orosi, que data de 1743, uma jóia histórica que foi testemunha do nascimento de uma nação.

Cartago possui um clima tropical úmido, seu sistema montanhoso compreende duas Cordilheiras, a Central, onde estão situados os vulcões Irazú e Turrialba. A Cordilheira de Talamanca é a outra grande formação montanhosa da província. Nela se levanta a imponente Serra Chirripó, o ponto mais alto da Costa Rica, situada a 3.600 metros sobre o nível do mar.

Cartago é uma terra de tradição e religiosidade. Em direção ao norte está o monumento nacional de Guayabo, localizado nos arredores da cidade de Turrialba. Em Guayabo os visitantes podem admirar enigmáticas construções que datam da época pré-colombiana. É uma das maiores áreas arqueológicas descobertas no país. Montículos, pontes, praças e calçadas, bem como um aqueduto que ainda funciona, são alguns dos vestígios das antigas culturas.

A peregrinação à Basílica de nossa Senhora de Los Ángeles -no centro da cidade de Cartago- é a atividade religiosa mais importante da Costa Rica. É celebrada cada 2 de agosto e à Basílica chegam milhões de pessoas de todo o país.

Mas, talvez, a principal atração de Cartago seja o vulcão Irazú, um esplendoroso gigante que ainda está ativo e cujas cinco crateras atraem a milhares de turistas anualmente. É o vulcão de maior altitude no país, com 3.432 metros sobre o nível do mar. Nele nascem vários rios que abastecem as bacias dos rios Chirripó, Reventazón, Sarapiquí e Grande de Tárcoles.

Planejando Sua Viagem Costa Rica

Logo