Ciclismo

You are here

Ciclismo

Incontáveis quilômetros de caminhos de pó e veredas que atravessam os mais variados terrenos mantêm ativos os seguidores da pedalagem.Uma boa seleção de tours de um dia nas aforas de São José contempla os vulcões Irazú e Poás, ou o Vale de Orosi.

Para algo mais extenuante é possível explorar desde as altas montanhas de Talamanca, a Cordilheira Vulcânica Central, a de Guanacaste e Tilarán, até os vales e as planícies do Caribe, do Pacífico Central e do Pacífico Sul.Calcula-se em mais de 80 a quantidade de rotas por fazer, e em mais de 400.000.

As bicicletas que circulam no território nacional, uma cifra que sobem com a prática do popular esporte.

Atividades todo o ano. O amor pela bicicleta leva a constantes atividades para a elite ou expertos, ciclismo de rota, eventos recreativos e desde logo a participação em eventos internacionais.

No país, alguns dos eventos mais importantes são a Copa Nacional e o Campeonato Nacional, o Campeonato Pan-americano, o Campeonato Nacional de Ciclismo de Montanha, a rota do Sol, a Copa Endurance, o Desafio dos Vulcões (vulcões Vale Central e Arenal), a rota dos Conquistadores (Puntarenas-Limón) e a Volta Internacional a Costa Rica, que se realiza desde 1964 durante o mês de dezembro. Há poucos anos também foi criada a Volta Feminina.

Algumas Modalidades

O estilo preferido dos amantes da aventura é o "cross country", que leva de um ponto a outro mais ou menos distante por caminhos todo terreno: estradas secundárias, trilhas e atalhos e também com certa dificuldade técnica como ladeiras, descidas de rios. Outra possibilidade é a “descida”, extremo e arriscado; consiste em descer por uma pendente todo terreno, o mais rápido possível.

Quem tem boa resistência física e bom nível de condução preferem o "free-ride", se perdem nas montanhas durante vários dias ou pedalem sem limites de tempo nem percurso.

Quanto mais inóspito seja o terreno e mais extremas descidas melhor.

Viaje em Duas Rodas

Em Cartago. Um dos melhores lugares para a bicicleta de montanha é o município de Turrialba, com acesso a alguns lugares arqueológicos. E desde aí é possível chegar à costa do Caribe, em um ou dois dias com umas 16 horas de pedalagem. É um percurso de moderado a extremo.

Desafio de altura. A Serra da Morte, com 3.451 metros de altitude, é o ponto mais alto da Estrada Interamericana e faz parte da Área de Conservação a Amizade Pacífico. É possível ascender por seu páramo e ao descenso encaminhar para as praias da costa. O bosque chuvoso espera nos arredores do vulcão Arenal, com dificuldades para subir e descer por seu território.

Vida silvestre. No município de Sarapiquí, da província de Heredia, ruas de lastragem e terra atravessam remotas comunidades. Macacos uivantes, iguanas, insetos, borboletas e todo tipo de aves vivem em seu bosque úmido. A dificuldade é intermediária, em terreno plano e áreas com dunas e colinas.

Em direção ao mar. O espetacular Parque Nacional Pedras Brancas é um refúgio de vida selvagem, de Puntarenas, está localizada em Golfito, ao sudeste da Península de Osa. Protege o único bosque chuvoso da terra baixa do trópico do Golfo Doce que permanece verde todo o ano.

  • Em esta atividade como em qualquer outra é necessário capacitar-se, contar com o equipamento adequado e escolher cuidadosamente os lugares para praticar.
  • A bicicleta de montanha foi desenhada especialmente para manobrar em terrenos difíceis. Geralmente utiliza suspensão dianteira e cada vez é mais comum a suspensão no pneu de atrás. São imprescindíveis acessórios como joelheiras, caneleiras, cotoveleiras, luvas e um capacete. Recomenda-se usar roupa leve (sintética), bem como com um sapato apropriado e hidratar-se.
  • Antes de sair deve revisar a bicicleta. Comprove o estado da corrente, os câmbios de marcha, a pressão das rodas, os freios e as pastilhas. Leve um jogo de ferramentas.
  • Mantenha a distância dos veículos, conduza à defensiva e seja muito prudente nas descidas. No inverno há muitos atrativos para não deixar de usar a bicicleta, mas também seja precavido.
  • Viajar em grupos com guia tem a vantagem de que este se encarregará de monitorar a condição física de cada pessoa e de aconselhar que fazer em cada etapa do percurso. Por isso é recomendável.


Costa Rica, o melhor lugar para ciclistas


No mapa você poderá localizar as zonas turísticas de Costa Rica, em onde pode realizar estas atividades. Se requer mais informações sobre alguma delas, contate a seu agente de viagem ou hotel.

Planejando Sua Viagem Costa Rica

Logo