Caiaque

You are here

Caiaque

Enfrentar fortes correntezas com habilidade, rapidez e sem medo, são parte dos ingredientes que devem ter os amantes do caiaquismo. Canoagem ou caiaque são duas palavras diferentes que fazem alusão a um mesmo esporte, que oferece emoções para as pessoas que desfrutam sentir a água em seus corpos e salpicando em suas caras.

A continuação lhe mostramos aquelas que são praticadas em rios e lagos.

Águas brancas: é o caiaque que se realiza em rio. Concorre-se nas modalidades de descida e slalom.

A descida consiste em baixar um trecho do rio de 6 quilômetros aproximadamente no menor tempo possível. Em este tipo de casos, a embarcação é mais longa e estreita, mas mais rápida.

Sobre a descida de rios existem provas de categoria internacional que são muito difíceis, que requerem de um instinto náutico muito especial. O caiaquista deve saber ler na água as correntes, profundidades e perigos que possam apresentar-se a seu passo. Aqui não há obstáculos, mais que os naturais do rio, com fortes correntes e passos que requeiram grande habilidade. Dentro da especialidade de águas brancas, é possível encontrar a modalidade que se realiza em águas bravas, que como o nome o sugere sua característica é a força da água.

A principal concorrência dentro desta é o slalom, na qual o canoísta tem que superar não só os rápidos e os obstáculos naturais, senão também provas de passo obrigado, que são colocadas ao longo de um percurso que pode chegar até os 800 metros..

Águas quietas: esta é a especialidade olímpica por excelência. Compete-se geralmente em lagos ou rios sem corrente.

Maratona: o caiaque da maratona é realizado em lagos, lagoas, rios e mar. As distâncias excedem os 15 quilômetros e são usadas embarcações especialmente adequadas para tal fim.

Assim como há variedade na prática do caiaque, há variedade na construção da embarcação. A possibilidade de usar qualquer material de fabricação se explorou ao máximo. São usadas madeiras tratadas, metais, plásticos e fibras que fazem mais ligeiros, duráveis e resistentes aos caiaques.

Atualmente, muitos são feitos com madeiras nobres que são trabalhadas adequadamente. Também fibras de carbono e kevlar que lhes dão maior resistência. No entanto, o material usado por excelência é o plástico, o qual oferece grande durabilidade.

O mais básico desta disciplina é que o tripulante vai sentado e avança com um remo de dupla pá. Pode dirigir o rumo da embarcação com o remo ou com um leme que se maneja com os pés. O número de tripulantes pode ser de um, dois ou quatro (K-1, K-2 e K-4), tanto para passeios como para concorrências Além disso, a pá ou em remo é o único elemento de propulsão autorizado para os caiaques de competição. Atualmente, não há limitação enquanto ao peso e medidas do remo. Não obstante, vem-se dando uma evolução contínua em seu desenho, o que incide em uma maior rapidez de navegação.

Outro elemento que deve ser conhecido para diferenciar o caiaque de outras disciplinas, como por exemplo, o remo, é que no primeiro o caiaquista navega de frente ao sentido do avance. Outra diferença é a maneira de impulsionar a embarcação, no caiaque não se apoia a pá na canoa, no remo em si. No tocante às habilidades que deve desenvolver um caiaquista, a principal é o equilíbrio, superado este passo deve-se conseguir uma boa técnica de remado, onde prive a poupança de energia sem deixar de transmitir-lhe força à embarcação, assim se favorece um melhor deslizamento na água, aproveitando os ventos e correntes.

Com estas notas introdutórias ao caiaquismo, o que resta é que você busque o equipamento, seja próprio ou alugado, e se aventure a viver esta experiência. O país conta com rios e lagos que são a plataforma perfeita para provar sua habilidade e rapidez na água.

  • Proa: A frente do caiaque.
  • Popa: Parte traseira do caiaque.
  • Manga: Parte mais larga do caiaque.
  • Haste: Parte larga do remo que entra na água.
  • Tubo: Parte estreita do remo que sustenta o caiaquista.
  • Borda: A borda superior do lado da canoa.
  • Flare: Membro de apoio que se estende pela canoa entre as bordas.
  • Caiaque em 'J' Caiaque que termina como leme.
  • Timão: Arrastado do remo para criar resistência; quando se executa pelo remador de popa, a canoa fica na direção do lado do timão.
  • Remar: Caiaque que puxa para o remador a 90 graus da direção de avance, quando se executa pelo remador de proa a canoa se voltará na direção do lado do timão.
  • Caiaque feito em uma curva larga, quando se executa pelo remador de popa a canoa se voltará na direção oposta ao lado do barrido.


Melhores lugares de Costa Rica para canoagem


No mapa você poderá localizar as zonas turísticas de Costa Rica, em onde pode realizar estas atividades. Se requer mais informações sobre alguma delas, contate a seu agente de viagem ou hotel.

Planejando Sua Viagem Costa Rica

Logo